Diagnóstico de marketing: sua empresa tem a performance que deveria?

Sem um diagnóstico de marketing, é absolutamente impossível saber exatamente como sua empresa está, para onde está indo, o que ela precisa aprimorar e quais são suas prioridades para melhorar os resultados e a presença online.

Muitas pessoas podem dar sugestões e dicas, algumas muito boas. Mas quando ficamos experimentando alternativas sem uma análise profissional, as chances de errar são muito maiores. Isso porque nem tudo que funciona em um caso resolve outros.

Neste artigo, você vai entender como deve proceder para fazer um levantamento preciso da situação do seu negócio e melhorar continuamente os resultados. Então, vamos começar relacionando o que você pode ganhar com isso. Acompanhe!

Os benefícios do diagnóstico de marketing

Um bom diagnóstico de marketing, feito com um método eficiente, melhora o seu retorno sobre investimento (ROI) e permite conhecer as variáveis de influência que mais impactam o seu resultado. Para algumas empresas, pode ser mais importante melhorar o desempenho nas redes sociais. Para outras, o problema pode estar em uma página do site ou outra questão específica. Mas, no geral, os ganhos aparecem com:

Conhecimento sobre o seu público

A identificação do seu público é o primeiro passo para pensar sua estratégia de marketing digital. Se você conhecer como ele compra, pesquisa, quem influencia na decisão, quais suas preferências e o seu perfil, fica mais fácil elaborar estratégias que os atraiam em maior número.

Ao mesmo tempo, também é possível ser mais eficiente no estímulo para que ele caminhe nas etapas que o conduzem à decisão de compra.

Conhecimento sobre a concorrência

As informações sobre a concorrência complementam seu diagnóstico, informando quem está obtendo melhores resultados e como está conseguindo isso — o que serve de parâmetro para definir metas.

Identificação dos canais ideais

O Facebook é a rede social de maior audiência na atualidade. Por isso, é comum que as empresas marquem sua presença por lá. Mas, se os seus clientes potenciais estiverem mais interessados em outra opção, o melhor é mudar de estratégia. O diagnóstico identifica os canais ideais.

Levantamento dos pontos fracos

Um pequeno detalhe em uma página do seu site pode estar espantando os clientes. Pode ser um botão mal posicionado, uma imagem pouco atrativa ou uma informação que está faltando. O diagnóstico ajuda a identificar todas elas e a medir quais estão prejudicando mais.

Identificação de oportunidades

Da mesma forma que é possível conhecer os pontos fracos e corrigi-los, é uma função do diagnóstico encontrar melhores oportunidades. Muitas vezes, algo que está dando certo não está sendo explorado em todo o seu potencial.

As etapas do diagnóstico de marketing

Um diagnóstico é basicamente o levantamento da situação atual do negócio. Assim como você faz com o financeiro — relacionando as entradas e saídas e combinando esses dados para saber o quanto sobra ao final do mês, quais as despesas podem ser cortadas e quanto precisa vender a mais para melhorar a situação —, é possível fazer com o marketing.

A diferença é que você precisa usar ferramentas diferentes, além de necessitar de outros dados. Afinal, o que você precisa saber são detalhes como:

  • se sua empresa está bem posicionada em relação à concorrência;
  • se está atingindo o público ideal;
  • entregando a informação que ele procura;
  • por meio dos canais certos;
  • com a linguagem certa;
  • com o design mais atrativo;
  • e assim por diante.

Mas você deve estar se perguntando como, não é mesmo? Pois bem, existem ferramentas capazes de colher os dados que você vai precisar. O Google Analytcs, por exemplo, permite saber de onde estão vindo os visitantes do seu site, alguns dados sobre o perfil dessas pessoas e como eles estão se comportando, informando:

  • quantos visitantes recebeu em um determinado período;
  • quanto tempo ficam navegando;
  • quais as páginas que procuram;
  • o que os faz encerrar a navegação.

Contudo, esses dados não valem muito se não forem avaliados considerando algumas informações prévias muito importantes. Dentre elas, estão os detalhes sobre o seu público e a concorrência. Todas essas informações precisam ser levantadas considerando o que está ocorrendo no seu funil de vendas.

Também chamado de pipeline, ele é constituído de uma série de etapas seguidas pelo seu público desde o primeiro contato com sua empresa até a concretização da venda. Assim, seu diagnóstico precisa seguir a seguinte sequência de levantamento:

Atração

Refere-se aos potenciais clientes que chegaram até sua empresa apenas como visitantes, seja do seu site, seja de uma página nas redes sociais, por exemplo. Nesse momento, será preciso saber:

  • a quantidade de visitantes atraídos;
  • os canais que os levaram até sua empresa;
  • as oportunidades que podem ser exploradas;
  • os problemas que devem ser corrigidos.

Conversão

Além de conseguir um número suficiente de visitantes que correspondam ao perfil de seu cliente ideal, é preciso convertê-los em leads, ou seja, aqueles que foram registrados em um cadastro de interessados com, no mínimo, o nome e um e-mail de contato para que possam ser abordados.

Por isso, o seu diagnóstico precisa identificar seu índice de conversão de visitantes em leads e a eficiência dos formulários de captação de dados de contato.

Consideração

No estágio seguinte, é preciso saber se as ações são eficientes na função de estimular os clientes para um contato comercial e se o processo está identificando claramente os leads que estão prontos para serem abordados.

Venda

Não adianta um processo de marketing bem estruturado se sua equipe comercial não for capaz de aproveitar as oportunidades de negócio geradas pelo marketing. Por isso, um bom diagnóstico também deverá considerar se o processo comercial está bem estruturado.

Relacionamento

Comprando ou não comprando, cada potencial cliente é um patrimônio do seu negócio. Afinal, eles podem vir a se tornar clientes um dia. O marketing deve cuidar do relacionamento com eles, para mantê-los próximos e ativos.

Por isso, o diagnóstico deve levantar a efetividade de campanhas de e-mail marketing e nas mídias sociais, visando o relacionamento.

Análise

O aprimoramento do marketing é uma atividade contínua, que depende de métricas confiáveis. Por isso, um bom diagnóstico identifica se as informações necessárias estão disponíveis e bem-apresentadas, de forma a facilitar a consulta e apontar onde estão os problemas.

A agência de marketing digital

Por mais que as ferramentas ajudem, a experiência prática é fundamental. Além disso, as pessoas envolvidas com o negócio precisam se preocupar diariamente com questões práticas fundamentais para fazer o negócio funcionar.

Interromper demasiadamente esse trabalho para efetuar um diagnóstico pode ser pouco produtivo. Principalmente porque cada minuto dedicado ao levantamento por uma agência precisará de muito mais tempo de quem não é especializado. Primeiro, será necessário aprender como fazer, depois testar na prática para ver se realmente está funcionando para, só depois, aplicar a metodologia ideal.

Um diagnóstico de marketing efetuado por uma agência digital permite que você mantenha seu foco, evita retrabalho, diminui o tempo investido nos levantamentos e aumenta a precisão dos resultados. Por isso, na maioria dos casos, deixar de investir nessa parceria significa diminuir o resultado obtido com seus investimentos em marketing.

Será o seu momento de contar com essa ajuda? Entre em contato com nossa equipe! Ela está preparada para ajudá-lo a responder essa pergunta!

Iêgo Lima
Iêgo Lima
Gestor de Mídia e Performance na MODO/7.