Sua empresa está preparada para os impactos da transformação digital?

A transformação digital é um processo que ainda deixa algumas pessoas apreensivas. Afinal, o tema costuma levantar questões sobre as profissões e empresas que deixarão de existir, mas de forma pouco conclusiva. Ou seja, ninguém sabe exatamente como será nosso modo de vida em alguns anos.

Porém, estamos falando de uma transformação que já se iniciou e, mesmo que possa demorar um pouco mais em algumas áreas, não dá para imaginar que se estagnará. Por isso, o melhor a fazer é identificar as oportunidades que surgirão em razão das inovações promissoras e encontrar formas de aproveitá-las.

O primeiro passo consiste em entender o que está acontecendo. Essa é a razão de trazermos este artigo até você e o motivo de dedicar alguns minutos à sua leitura.

O impulso da transformação digital

O primeiro ponto que a esclarecer é que nenhuma transformação ocorre como simples consequência do desenvolvimento tecnológico — mesmo que assim pareça à primeira vista. O que garante que a tecnologia seja incorporada é a aceitação do público a que ela se destina.

É verdade que algumas pessoas são loucas por inovações. Para não ficarem desatualizadas, algumas são capazes de contrair dívidas e aguardar dias em uma fila de lançamento da próxima versão de algum produto. São os early adopters ou adotantes imediatos, em tradução livre.

Entretanto, segundo a teoria da Difusão das Inovações, elas representam, aproximadamente, 15% do público. Para disputar o mercado como um todo é preciso conquistar uma audiência maior. Uma vez que o consumidor assumiu uma maior importância na atualidade, o impulso da transformação digital está em usar a tecnologia para resolver problemas cotidianos das pessoas.

Elas pesquisam, estão informadas e têm autonomia para decidir a forma como vão comprar produtos e serviços. Em tal contexto, a transformação digital deve se pautar na clara definição de um modelo de negócios capaz de entregar valor para o público, baseando-se no conhecimento preciso de seus hábitos.

A cultura de transformação digital

A partir do conhecimento acerca da jornada de compra dos clientes, sua empresa será capaz de incorporar a transformação digital com maior consistência e solidez. Todavia há outro requisito a ser considerado: a criação de um ambiente interno que favoreça a inovação.

Sua equipe não pode resistir à mudança e os processos não podem ser inflexíveis ao ponto de bloquear a inovação. A tarefa de fomentar essa cultura depende, em grande medida, da atuação do líder, mas fica muito mais fácil com o apoio externo de empresas do mundo digital, pois, a interação entre as equipes é crucial para que todos os envolvidos se acostumem e se adaptem às particularidades desse novo universo.

A atualização sobre tendências

A transformação digital segue certas tendências, tais como mobilidade, design da experiência, incorporação de recursos de inteligência artificial,  internet das coisas (IoT), realidade aumentada e virtual etc.

Talvez você não conheça todos esses termos ou acredite que eles demorarão a se tornarem viáveis. Porém todos eles já são atualmente utilizados. Saber para onde as mudanças estão caminhando e identificar suas dinâmicas é fundamental para sua empresa. Isso irá ajudar a se beneficiar de tecnologias como a mobilidade e a automação de processos.

A transformação digital já está influenciando diretamente a competitividade e a lucratividade das empresas. Portanto, sua empresa não deve perder tempo, adaptando-se rapidamente às novas relações de consumo e proximidade entre clientes e marcas.

Gostou do nosso artigo? Então, entre em contato conosco e conheça as melhores soluções para ajudar a sua empresa no processo de transformação digital!

Michell Oliveira
Michell Oliveira
Gestor de Negócios na MODO/7.